Kinhin – meditação em andamento


Fechar a mão esquerda sobre o dedo polegar, que pressiona ligeiramente a zona abaixo do dedo anelar, e cobri-la com a mão direita. As mãos ficam à altura do plexus solar. Os antebraços paralelos ao chão. O olhar tem uma inclinação de cerca de 45.º como na meditação sentada. Ao inspirar, avança-se meio passo com o pé direito. Na inspiração seguinte, avança-se com o pé esquerdo. Uma expiração tem geralmente o dobro do tempo da inspiração. O peso do corpo fica sobre o pé que está à frente. Tornamo-nos um com a nossa contagem de respiração.

O Kinhin permite flexibilizar os músculos e estabelecer a circulação, depois dos períodos de meditação sentada.

Quando praticas Zazen, não desprezes nem te deleites nos pensamentos que surgem.
Olha simplesmente para a sua origem e reconhece que tudo o que se apresenta na tua mente ou é visto pelos teus olhos é ilusão, desprovido de realidade. Não o receies, não o reverencies, não o ames, não o odeies.

Bassui Tokusho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s